Home

qual a diferença entre fascismo e nazismo?

3 respostas

  • Publicada em 2007-11-14 por Anónimo

    Nazismo o nazismo é, na sua origem, idéologie solene do NSDAP (Partido Nacionalsocialista dos Trabalhadores Alemães) geralmente espargido porquê Nazi Dividido. O seu fundamento n'a não ter elaboração teórica excessiva, appropriant, numa grande medida, das ideias fascistas segundo as quais État, para reservar a sua coesão e unidade, devia de de ser totalitário. Para o nazismo, este argumento foi prestes com o princípio racista de superioridade da raça ariana acerca o resto. L'admiration pela força bruta e o douto ao encarregado único foi duas outro novas contribuições do nazismo. A situação social e económica de Allemagne depois a Primeira Guerra Mundial e opportunisme de Hitler fez o resto. Hitler e o Nazi Dividido obteve um base popular de grande amplitude porquê para incentivar à Allemagne a ser lançado à conquista de Europe, n que aquilo foi a Segunda Guerra Mundial. Desde sectores de esquerda o nazismo foi denunciado porquê um resultado inevitável do capitalismo e, sobretudo, porquê um fruto das tendências impérialistes dos Estados mais de fortes. De convenção com estas impressões, o germe numulário qu'imprègne a sociedade torna possíveis expressões deste tipo que atenazan periodicamente à l'humanité... Em decisão colectiva escolhemos o material de fascismo puisqu'en que conversa acerca o material começaram a desabrochar nos dúvidas e um grande interesse no que diz saudação ao peça. Um dos nossos objectivos efectuando esta investigação foi compreender porque culpa os países europeus chegaram ao ponto tal de crise em qualquer ponto de vista que decidiram votar e ser ainda a ensinamento fascista, esta tanto prejudicial para eles progressivamente qu'il foi desenvolvidos. Tentamos expliquer em l'ensemble seu emergência e desenvolvimento, e as consequências qu'a seguidamente trazidos tanto para os países europeus porquê para o resto do mundo. Ao mesmo tempo, quisemos obter comprar um bom conhecimento da significado da termo "fascismo" ; e com isto deslindar l'importanc

  • Publicada em 2007-11-14 por Anónimo

    O Nazismo derivou do Fascismo, ambos exaltam a região e o estado.

    * O Nazismo, estabelece teorias raciais (tenta estabelecer exclusivamente uma raça pura);

    * O Fascismo, apesar do nacionalismo étnico (que privilegia os nascidos no próprio país) não tenta estabelecimento exclusivamente de uma raça;

    * O Nazismo, em contraste com o Fascismo, viu o objetivo do Estado no serviço de um ideal daquilo que o Estado supostamente deveria ser: as suas pessoas, raças, e a engenharia social destes aspectos da cultura com o término último de uma maior prosperidade verosímil para eles às custas de todos os outros. 

    * O Fascismo de Mussolini continuou leal à ideologia de que todos estes fatores existiam para servir o Estado e que não era necessariamente no interesse do Estado servir ou manipular algumas daquelas características. O único objetivo do governo sob o fascismo era auto-valorizar-se porquê a maior prioridade da sua cultura, simplesmente sendo o Estado em si, quanto maior a sua dimensão, melhor, pelo que se pode expor que se tratou de uma Estadolatria (idolatria do estado) governamental.

    * O Nazismo era uma ideologia Metapolítica, via a si mesmo exclusivamente porquê uma utilidade pela qual uma exigência alegórica do seu povo era o seu objetivo;

    * O Fascismo era uma forma sinceramente anti-socialista de Estatismo que existiu por virtude de e com fins em si mesmo.

  • Publicada em 2007-11-14 por Anónimo

    Regime político de caráter dominante que se desenvolve na Alemanha durante as sucessivas crises da República de Weimar (1919-1933). Baseia-se na ensinamento do vernáculo-socialismo, formulada por Adolf Hitler (1889-1945), que orienta o programa do Partido vernáculo-Socialista dos Trabalhadores Alemães (NSDAP). A núcleo da ideologia nazista encontra-se no livro de Hitler, Minha Luta(Mein Kampf). patriótico, defende o racismo e a superioridade da raça ariana; nega as instituições da democracia liberal e a revolução socialista; apóia o campesinato e o totalitarismo; e luta pelo imperialismo teuto.

    Ao final da Primeira Guerra Mundial , além de perder territórios para França, Polônia, Dinamarca e Bélgica, os alemães são obrigados pelo Tratado de Versalhes a remunerar pesadas indenizações aos países vencedores. Essa penalidade faz crescer a dívida externa e compromete os investimentos internos, gerando falências, inflação e desemprego em tamanho. As tentativas frustradas de revolução socialista (1919, 1921 e 1923) e as sucessivas quedas de gabinetes de orientação social-democrata criam condições obséquioáveis ao surgimento e à expansão do nazismo no país.

    Hitler (líder nazista) passando em revista as tropas.

    Utilizando-se de espetáculos de tamanho (comícios e desfiles) e dos meios de notícia (jornais, revistas, rádio e cinema), o partido nazista consegue mobilizar a população por meio do apelo à ordem e ao revanchismo. Em 1933, Hitler chega ao poder pela via eleitoral, sendo nomeado primeiro-ministro com o suporte de nacionalistas, católicos e setores independentes. Com a morte do presidente Hindenburg (1934), Hitler torna-se superintendente de governo (chanceler) e superintendente de Estado (presidente). Interpreta o papel de führer, o guia do povo germânico, criando o 3º Reich (Terceiro soberania).

    Com poderes excepcionais, Hitler suprime todos os partidos políticos, exceto o nazista; dissolve os sindicatos; cassa o recta de greve; fecha os jornais de oposição e estabelece a exprobação à prensa ; e, a

Utilize o formulário para responder a esta pergunta